NOTÍCIAS

GRUPO AROEIRA !!!

ALÉM DA FARTURA QUE TEMOS EM NOSSO ESTADO,
NA NOSSA MÚSICA, TANTO NO ESTILO SERTANEJO COMO NOS NOSSOS BAILES,
COM NOSSOS BONS GRUPOS MUSICAIS, COMO:
GRUPO ECO DO PANTANAL;
GRUPO PANTANEIRO;
GRUPO CHAMA CAMPEIRA;
GREGÓRIO & GRUPO FRONTEIRA;
MARLON MACIEL & GRUPO;
GRUPO LAÇO DE OURO;
GRUPO BATIDÃO;
GRUPO MDO;
GRUPO ZÍNGARO;
GRUPO SISTEMA NOSSO;
GRUPO TREMBÃO;
ANDRÉ SANTINNI & GRUPO;
E MUITOS OUTROS...
AGORA TEREMOS MAIS UMA OPÇÃO.
MAIS UMA PROPOSTA PRAS NOSSAS BELAS NOITES SUL MATOGROSSENSES.
OS NOSSOS AMIGOS DO GRUPO AROEIRA!

ELES ESTÃO CHEGANDO,
PRA FAZER VOCÊ DANÇAR!
AGUARDEM!

01/10/2.014.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

FÉRIAS !!!

O GRUPO ECO DO PANTANAL ESTARÁ DE FÉRIAS DO DIA 24/02/2.014 AO DIA 07/03/2.014.
AGRADECEMOS DE CORAÇÃO AOS NOSSOS AMIGOS E FÃS QUE SEMPRE NOS ACOMPANHAM NOS BAILES DA VIDA.

COM A FORÇA DE DEUS VOLTAREMOS COM A ENERGIA RENOVADA PARA MAIS UM ANO JUNTO À VOCÊS.
ABRAÇOS, BONS BAILES e UM FELIZ CARNAVAL À TODOS.

24/02/2.014.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 

Assistam neste sábado (25/01/2.014) às 12:15h o Programa Vida Sertaneja.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A Força de Um Sonho !

Você sabe qual é a força de um sonho?
Sabe por que eu pergunto isso?
Me acompanhe nesta história e
você vai compreender bem o que quero dizer!

Conta uma antiga história que o filho voltou para a casa do pai,
após muitos anos longe de casa. O filho chega e pede um conselho ao pai,
dizendo que necessitava muito ouvir os sábios conselhos do pai,
para resolver um problema que o angustiava muito.

- Pai, estou sem força, não agüento mais.
São muitas barreiras a minha frente.
Assim que supero uma, outra aparece.
Muitas vezes maior ainda.
Por favor, me ajude.
O que devo fazer, meu pai?

O pai refletiu um pouco e em seguida,
convidou o filho para um passeio.
Levou-o até uma grande represa com uma barragem de usina.

Chegando lá, perguntou ao filho:
- Filho, qual é o seu maior sonho?

- Sonho pai?
As dificuldades são tantas que acabaram com todos meus sonhos.

- Filho, então olhe para esta represa.
Isto aqui era um rio caudaloso,
até que construíram esta barragem e represaram todo o rio,
formando esta represa.

- Mas o que isto tem a ver comigo pai?

- Tudo, meu filho, tem tudo a ver.
Você sabe que esta água produz energia para
iluminar e movimentar várias cidades, não sabe?

- Sei sim, mas ainda não consigo entender o que esta represa tem a ver comigo.

- Bem meu filho,
toda a reserva de energia acumulada nesta represa,
vem do sonho do rio, que é chegar ao oceano.

Se o rio não tivesse este sonho, não teria toda essa energia.
A barragem freia o sonho,
mas a água continua a correr pelas turbinas para realizar o sonho que é chegar ao mar.

- Pode me explicar melhor, pai?

- Você, meu filho, possui fantásticas reservas de forças dentro de você.
Para soltar essa força, precisa ter grandes sonhos, como o rio,
mas precisa ousar viver esses sonhos.
Você simplesmente permitiu que as dificuldades naturais da vida matassem seus sonhos.
- Se você sonhar de novo e lutar para tornar seus sonhos realidade,
então você irá liberar tanta energia, que nada poderá detê-lo, meu filho.

E agora, já parou para pensar sobre seus sonhos, que estão represados aí dentro?
Não acha que já é hora de deixar seus sonhos fluírem,
para transformar em energia toda essa vontade que você tem de vencer na vida e ser feliz.

Pense sobre esta história e o que ela tem a ver conosco também.
Agora liberando muita energia, vamos fazer um Bom Dia Hoje !
Pense Nisso...

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A Corrida !

Era uma vez uma corrida de sapinhos.

Eles tinham que subir uma grande torre e, atrás havia uma multidão, muita gente que vibrava com eles.

Começou a competição. A multidão dizia:

Não vão conseguir, não vão conseguir!

Os sapinhos iam desistindo um a um, menos um deles que continuava subindo.

E a multidão continuava a aclamar:

Vocês não vão conseguir, vocês não vão conseguir.

E os sapinhos iam desistindo, menos um, que subia tranqüilo, sem esforços.

Ao final da competição, todos os sapinhos desistiram, menos aquele.

Todos queriam saber o que aconteceu,

e quando foram perguntar ao sapinho como ele conseguiu chegar até o fim,

descobriram que ele era SURDO.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Copyright © 2013 Eco do Pantanal. Todos os direitos reservados.
Produzido por Central de Bailes